O Artista

Nota Biográfica

Hélder Mendes, nasceu em Paços de Ferreira a 1 de Março de 1977 e o primeiro contacto com a pintura começou no final da infância e o início da adolescência, tinha ele perto de 14 anos.

Hoje em dia com 33 anos, é um artista plástico da nova geração. É um jovem que entre a pintura, e a recuperação de materiais constrói a sua própria arte, utilizando a madeira bruta e seus desperdícios como principais elementos, quando associados a outros materiais, numa técnica de colagem chamada assemblage, o resultado são verdadeiras obras de arte.

Além da pintura, Hélder Mendes também se dedica à escultura, utilizando o vidro como objecto principal, a madeira, e outros materiais. No seu curriculum já constam 11 Exposições Individuais, uma delas realizada na Fundação Caixa Nova em Vigo, local que obteve inúmeras visitas diárias de espectadores, críticos de arte, coleccionadores, merchand arte e curadores, e mais de 150 Exposições Colectivas realizadas em Portugal e no estrangeiro.

Para além disto, as suas obras fazem parte de escolhas privadas de coleccionadores de todo o mundo, como Alemanha, Rússia, Brasil, Canadá, Espanha, França, Inglaterra, Itália, Japão, Nova Iorque, Angola, Colômbia Canadá e Portugal, e ainda em Colecções Públicas como no Instituto Camões, Vigo; Câmara Municipal de Sintra; Câmara Municipal do Montijo; Câmara Municipal da Amadora-Galeria Artur Bual; Agência Portuguesa para o Investimento API; Fundação Rotária Portuguesa; ANJE-Associação Nacional de Jovens Empresários; Galeria Projecto; Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira; entre outros.

Na sua bibliografia assinalam-se várias críticas assinadas por autores nacionais e estrangeiros, como, Jean Michel Correia, Director Pedagógico dos Ateliers do Carroussel, Museu de Arts Decoratifs, Palácio do Louvre; Mestre Carlos Lança; Edgardo Xavier; Prof. Henrique Silva; Nuno Lima de Carvalho e Pintor Jaime Silva.